quarta-feira, junho 21, 2006

Nem bem e nem muito mau

Passo a explicar.

Hoje de manhã quando me estava a despachar para ir trabalhar, ouvi na rádio uma notícia que por um lado não é novidade, mas que por outro me deixou um pouco surpresa.
Fizeram um estudo a nível mundial sobre a boa educação da população em geral, e então adivinhem o lugar de Portugal...? ... 15º lugar, o que não é muito mau, afinal devem ter sido muitos os países em estudo para este levantamento. O que se surpreendeu bastante foi o 1º lugar, ora adivinhem lá quem é de facto o país, mais propriamente a cidade onde a educação se respira? .... Tentem mais uma vez... vá lá, não custa nada... Nova Iorque! Exactamente!

Fiquei supreendida (não sei se vocês também), por ser uma das cidades com mais movimento, com mais stress, com mais pessoas num metro quadrado, tudo muito mais... e toma! Alí a boa educação é um factor imprescindível. As pessoas agradecem sempre, nas lojas o atendimento é feito sempre com um sorriso no rosto e até oferecem prendas (em algumas só, claro!) aos clientes.

Quem diria??? Acho que tenho de lá dar um pulinho brevemente e ver com os meus olhitos tanta educação...

2 comentários:

Nicole disse...

Pois é isso mesmo, Claudinha.

Acredita, eu já estive em NY e garanto-te que é mesmo assim. Os nova iorquinos estão sempre de sorriso nos lábios, onde quer que estejas serás recebida com simpatia e prontidão, tudo é mais simples e fácil, enfim, é realmente outro mundo.
Chegas a Lisboa, vinda de lá, e ficas deprimida instantaneamente: no aeroporto o fiscal de fronteira nem boa noite te dá; o taxista, depois de cuspir para o chão, diz-te, sem sequer olhar para ti, que a estas horas não vai para essas bandas; a tipa do café, que te atira com a bica como quem atira uma toalha, e quando dizes que o pastel de nata está um bocado queimado, olha para ti com ar intimidante, como quem diz "azar, não comas" (isto se não te ignorar)...enfim, este é normalmente o tipo de tratamento que recebemos aqui, e ao qual já não reclamamos porque já estamos habituados...

Sempre me irritou generalismos, seja com que povo for, mas então quando me dizem que os americanos são burros ou arrogantes, ou isto e aquilo, passo-me.
Que são um bocado ignorantes, na sua maioria, no que respeita a "non USA", sim, são. Mas burros, nem pensar.
Olha, só para tu veres, falei com uma pessoa que tirou nos EUA o curso de Jornalismo, que me disse que esse curso, para além de incluir técnicas de jornalismo ao mais alto nível, contempla um curso completo de fotografia e outro de web design.
Ou seja, estes jornalistas, para além de educados ;) , sabem fazer páginas web. E nós, em 4 anos de Iade, nem artes-finais aprendemos a fazer...

Mas pronto, nem tudo é mau, cá no nosso país. Um 13ºlugar no que respeita a educação, é efectivamente razoável. E

Clau disse...

No que respeita à educação que recebemos durante uma formação, não me espanta nada que seja assim, o mais triste é os portugueses não seguirem o exemplo dos melhores do mundo, só seguirem o cheiro do dinheiro... O que mais me surpreendeu é o facto de ser uma sociedade sempre em constante stress, nunca pensei que com toda aquela adrenalina conseguissem manter um sorriso sempre pronto.