terça-feira, dezembro 20, 2005

Saldo Positivo

O fim do ano está cada vez mais próximo e as mudanças estão a acontecer quase em simultâneo na minha vida. São coisas que acontecem e me fazem parar para pensar um pouco em como tudo isto não deixa de ser um jogo, em que tudo tem o seu reverso da moeda e nada acontece por acaso. O acaso existe ou será que o destino se encarrega de nos mostrar aos poucos os nossos caminhos? Eu acredito no destino e acredito que temos que o ajudar, senão nada acontece... ele não faz tudo sozinho. Acaso, nesse eu não acredito, é somente uma desculpa que nos parece a mais acentável para quando não nos queremos esforçar muito ou simplesmente quando não queremos acreditar na força em que pode haver para que tudo aconteça.

Mas têm sido dias bastante interessantes. Em pouco tempo reencontrei amigos que já há muito não via, recomecei a fazer coisas das quais já tinha muitas saudades de as fazer, algumas coisas menos boas também me aconteceram (directa ou indirectamente)... mas o balanço não deixa de ser positivo, aliás até bastante positivo.

A nível profissional estou a ter algum feedback (não o esperado, mas devagar se vai ao longe) e tenho imenos projectos que quero começar a concretizar já no início do ano. Sinto que estou a crescer, a tornar-me mais adulta, mais responsável e mais madura, mas sempre com a minha querida e linda criança dentro de mim. É esta criança que me mantém o espirito aberto e livre, sempre com um sorriso nos lábios, o brilho nos olhos e uma vontade imensa de ser sempre feliz e apreciar a beleza e o prazer da vida.

A beleza da vida é tudo isto: o desabrochar de uma flor, o Sol a nascer, a Lua que nos ilumina e nos engana (num bom engano claro), o sorriso de uma criança, um passeio à beira-mar, uma ida ao cinema, um beijo nos lábios...

4 comentários:

Analog Girl disse...

Ainda bem que sentes que a vida te está a dar frutos, alguns melhores, outros piores...Digo agora que durante algum tempo observei-te de perto, pois pensava que qualquer dia irias entrar numa onda mais depressiva, mas começo a ver que não, que tens força, determinação e vontade de seguir em frente, com calma e confiança. Fico contente por isso. Enfim!
Queria só dizer "Go for it!" A vida não está lá fora à tua espera, está sempre a acontecer, todos os dias...

Clau disse...

Eu sei linda, por isso não a deixo fugir nem por um segundo! Entrar em depressão, não obrigada! Já estive numa e jurei para nunca mais...! Obrigada por tudo, nunca esquecerei a tua amizade, apoio, carinho e a constante presença!

Rita (STB) disse...

seguir em frente, sempre, mesmo que tenha-mos agarrado aos pés umas corrente... sorrir sempre,mesmo que a vontade de chorar seje mais forte, chorar, só se for de alegria, por ter nascido um filho, rencontrado um amigo... leva a vida a sorrir, é tão mais simples, repara, não ficas ranhosa, não ficas com os olhos inchados, e não gastas dinheiro em palel para limpar nem os olhos nem o ranheta do narez, diz lá se eu não tenho razão. Amiga obrigado por todo o apoio que me tens dado nestes ultimos tempos...

Clau disse...

Tens toda a razão Rita!
Não agradeças, afinal desde que nos conhecemos que a nossa amizade tem sido assim, apesar de algm tempo de ausência. Os amigos são sempre para o bom e para o mau. Amigos verdadeiros são sempre amigos.