quarta-feira, janeiro 24, 2007

Em plena Sociedade Portuguesa no Século XXI

No fim de semana soube de uma história que me deixou de rastos e com o coração do tamanho de uma formiga.

Uma amiga está a orientar uns estágios de finalistas de professores. Numa das aulas ela sentou-se entre duas crianças, um era um menino e outra uma menina. O menino tem 6 anos e tem uma irmã. Ambos são órfãos e foram adoptados por um casal com bastantes posses.

Ao fim de dois anos estarem ambos em casa desse casal e onde sempre tudo parece ter corrido bem, esse mesmo casal decidiu que já não quer ficar com o menino. Que só querem adoptar a menina. Até deixaram de mandar o lanche para a escola, passando assim a comer lá. O mais chocante é a razão que dão para tal decisão: "nós somos pessoas de bem e não fica bem apresentar um menino moreno de cabelo aos caracóis. A menina é diferente porque é branquinha e loirinha e já fica bem para a sociedade".

SIM, ISTO É PURA VERDADE! É somente uma questão de racismo! Só pelo facto da criança ter origens de raça negra já não "serve" para filho, não fica bem na fotografia de família e a sociedade de "bem" não aceita tal coisa!!!!

Assim se separam dois irmãos, assim se começa a destruir uma criança de boa índole, de uma personalidade excelente, de um caractér bom... A professora do menino já tentou falar com os pais adoptivos, mas nada conseguiu. Chora cada vez que está com o menino e que este lhe pede para "ligar ao meu pai para ele não me deixar, que eu gosto muito deles."

Se eu pudesse, ficaria eu com ele...

8 comentários:

nika_liu disse...

Que ridiculo, so por isso eles não deveriam poder ficar com a menina, devia ser ilegar separar os irmãos! Tudo bem que pelo menos assim a menina fica com mais hipoteses na vida, mas a que preço e com esse tipo de pessoas, que tipo de educação é que lhe vão dar??? Nenhuma de jeito com certeza!

clau disse...

Em termos de educação acredito que até não seja má, mas em termos de afecto e carinho, aí vai falhar e muito com toda a certeza.

é uma história que não sai de cabeça...

Analog Girl disse...

A educação da menina vai ter muitas falhas se o pensamento dos pais é este... Não se compra boa índole, compaixão e compreensão nos bons colégios.

Concordo que deveria ser proibido separar irmãos, e vou mais longe. Deveria ser proibido existirem estas adopções com prazo de validade. Uma vez tomada a decisão, não poderia haver retorno. Se preciso, contratem mais assistentes sociais para acompanhar os casos de adopção. É horrível o que as crianças e os possíveis pais adoptivos têm que passar...

Que caso tão vergonhoso...Incrível!

clau disse...

Todo este caso é repleto de vergonha e de mau sentimento para com duas crianças que só querem pais que os amem, que só querem um lar para se sentirem felizes. É só o que pedem!

Deveria ser proibido sim, assim como deveria ser proibido pessoas como estas serem pais, nem que seja adoptivos. À menina não irá faltar bons colégios, boa roupa, muitos brinquedos. Mas o verdadeiro amor duvido que chegue a ter...

Nicole disse...

é que nem dá para acreditar...

Estou pasma! Petrifico de saber que há gente assim há solta neste mundo e, pior, que lhes é permitido adoptar sequer uma criança.
Concordo completamente com a Joana, em tudo e a edução será mesmo isso, uma farsa, com um défice enorme de valores e carinho, pois não passará de uma fachada de "sociedade bem"...

eu também ficava com o menino, ai se ficava!

clau disse...

nem queiras saber o quanto dói saber que aquele lindo menino vai passar a sua infância num orfanato onde toda a sua capacidade de amar, cuidar e ser sempre gentil pode vir a acabar e torná-lo num ser frágil e muito sofrido.

Pensei que em divulgar a história aqui o possa vir a ajudar de alguma forma, não sei. talvez alguém que o possa receber e ficar com ele.

infelizmente não posso, senão era o que fazia sem pensar sequer!!!

pormagia disse...

Não há palavras para tanta barbaridade!
Catarina

clau disse...

Realmente Catarina é difícil tentar assimilar uma história como esta. Mas infelizmente é bem real.