quinta-feira, outubro 26, 2006

As mudanças...

Durante o almoço de hoje com os meus colegas houve uma conversa bastante engraçada. Estavamos nós a falar de dores de estômago e do que faz bem e mal numa situação assim, quando nos apercebemos de uma quantidade de coisas que os médicos dizem fazer bem à nossa saúde. Eles são: o copo de vinho à refeição (atenção! só um copo de vinho); 3 cafés por dia (para o coração); todos os chás (cada um para cada coisa, ou há alguns que para quase tudo), cerveja (porque é antioxidante)... sei lá, um número bem grande. Até a Coca-Cola já tem um anúncio em que o objectivo é o mesmo: "Oh meus amigos!! Nós só fazemos bem à vossa saúde, e isso de desentupir canos até é bom para a saúde porque limpa o vosso organismo todinho e dá-lhes muuuuita energia."

Numa época em que tudo fazia mal, agora afinal parece que tudo faz bem. Vai-se lá perceber...

2 comentários:

Analog Girl disse...

Acho que é tudo um caso de má comunicação nos últimos tempos... Vivemos a cultura do excesso e abusamos de tudo o que temos à nossa volta. O que me parece curioso, é que esse excesso, na minha opinião, vem dos instintos mais primitivos dentro de nós, ou seja, aquela necessidade de comer tudo o que está ao nosso alcance para armazenar o máximo de gordura e energia possíveis. Daí os problemas de saúde e obesidade que enfrentamos na sociedade actual. Tudo não passa de grandes erros da nossa parte, por causa de má informação, apenas.

É tudo muito simples, se virmos bem...

Clau disse...

Eu concordo contigo. Afinal como é possível de um momento para outro tudo ser óptimo para a saúde, quando nos deparamos com mais doenças, mais obesidade e mais infelicidade. É mesmo, como bem disseste, a cultura do excesso e isso não faz as pessoas mais felizes.