terça-feira, fevereiro 14, 2006

Mais dois para a lista!

Ultimamente não tenho parado em casa, as salas de cinema têm-me visto com imensa regularidade. As duas últimas vítimas foram "Orgulho e Preconceito" e "O Segredo de Brokeback Mountain".
Não os vi no mesmo dia (seria de uma violência enorme), mas foi com um espaço de 24 horas entre eles.
Gostei muito de ambos, um mais "pesado" que o outro, histórias completamente diferentes, mas em que o tema principal é o mesmo: O Amor.

Em "Orgulho e Preconceito" todo o ambiente da época, a maneira de pensar e de agir conforme as situações, todo aquele modo de vida, está tão bem representado que cheguei a dar comigo com vontade de dar um belo murro na cara de uma ou outra personagem. Não li o livro e nunca vi a série, mas na minha opinião o filme está muito bom.

Quanto ao "Segredo de Brokeback Mountain", a história é bem diferente e aborda um assunto que ainda hoje é visto com alguma reserva (para não dizer bastante).
Adorei o filme, a forma como o assunto é abordado e como tudo se desenrola. O final é um pouco triste (confesso que me caiu umaa lagrimitas), mas afinal acho que não puderia terminar de outra forma.

Aconcelho vivamente a que vejam ambos os filmes, principalmente Brokebach Mountain. Não se vão arrepender.


8 comentários:

Nicole disse...

Eu também vi o Brokeback Mountain, fui logo à estreia, tal era a ânsia. E a ânsia durou todo o filme, deixando-me numa inquietude estúpida, apenas justificada pelo sufoco que me provoca a dura possibilidade de um amor "impossível", incompreendido e condenado.
O fim é realmente triste, a puxar para a lagrimita, mas não dava para outra coisa, é verdade. Toda a história é um drama incrível, e uma realidade infelizmente ainda actual, que torna a palavra "vida" absolutamente estúpida, pois se não podes viver a tua vida, os teus desejos, o teu amor, o que é que estás aqui a fazer?! A ganhar dinheiro para alimentar o corpo?...
Enfim, mais uma daquelas equações da alma, cujo resultado não vem no fim do livro...

Ainda por cima os dois actores são tão lindos! Um com um ar todo "tuff" e outro mais doce...mas ambos tão apetecíveis. hummm... Coitaditos...
Espero que ganhem o óscar, bem merecem. Toda a representação é uma prova de "tomates"! ;)

Beijos

Analog Girl disse...

Eu não posso ainda ocmentar este filme, visto que não o vi, mas espero no próximo fim de semana ir saltitar para uma sala de cinema ver este movie, preparar-me para a lagrima (tb já tenho visto o trailer- q tenho convenientemnte gravado no meu mac no trabalho) e fico com aquela sensação que é um filme que vai merecer a pena. Ah vá e babar-me um pouco, afinal, eles para além de óptimos actores são mm lindos...
Ainda não faço antevisões quanto aos óscares, porque ha outro filme que quero ver e segundo ouço dizer, também prima pelas representações e esse filme é o "Walk the line" com o Joaquin Phoenix e a Reese Witherspoon, que me parecem também fortes candidatos ao homenzinho careca...

Clau disse...

Concordo plenamente contigo Nicole. As histórias de amor com final infeliz são sempre como uma pequena punhalada nas costas, afinal supostamente nascemos para sermos felizes...
Mas também são estas pequenas representações da vida real que nos abrem os olhos para muitas coisas.
Espero que eles consigam os Óscares, como tu mesma o disseste: Toda a representação é uma prova de "tomates"!

Clau disse...

Penso que exsitem filmes bastante bons, e esse de que falaste Juaninha também quero ver. Ando com uma "sede" de filmes que nem te passa pela cabeça!

Analog Girl disse...

Não é dificil de imaginar, atentando à frequência com que tens ido ao cinema :P És gaja de pipocas?

Clau disse...

Tenho andado mesmo metida no cinema nos "tempos livres". A sorte é que não me dou bem com as pipocas, é coisa que não gosto muito.

Analog Girl disse...

Atendendo ao preço delas ultimamente, ias à falência num instante. Mais vale mesmo só investir nos filmes, e mesmo assim já e um grande investimento!

Clau disse...

Mesmo! Afinal cada bilhete é 5,20€, mais pipocas ia definitivamente à falência!