quarta-feira, janeiro 25, 2006

Um pequeno pensamento

"Antes de deixar definitivamente o mundo, a beleza ainda há-de subsistir alguns instantes, mas por engano. A beleza por engano é o último estádio da história da beleza."

Este pequeno excerto encontra-se no livro A Insustentável Leveza do Ser. É o livro que estou a ler no momento (estou qause no fim, pois tenho imensos na fila...) e estou realmente a gostar, tem muitos pensamentos que nos fazem questionar alguns pontos de vista, algumas ideias já feitas que podemos ter. Enfim, é um misto de romance com pensamentos do autor à mistura, um pouco de filosofia e de muitos sentimentos e emoções interligados. É muito interessante e aprendemos a ver um pouco as coisas por um prisma diferente.~

Vale a pena experimentar uma leveza assim.

4 comentários:

Analog Girl disse...

Beleza por engano...que conceito tão refrescante!

Clau disse...

:D

Imagina o que é o "acaso", o "acaso" de sair à rua e dizerem-te : como está bonita hoje... E tu ficas a pensar: Eu? Logo hoje que nem liguei ao que vesti...

Nicole disse...

Eu já li esse livro. Desmistifica muita coisa... lol. O acaso é uma delas, sim senhora. A personagem principal feminina, a Teresa, é um resumo de uma série de "tipos" de mulheres. O Kundera consegue resumir nela uma série de "eus" femininos. Eu vi-me nela, e ri-me com as minhas figuras. :)

No 2º ano do Iade, quando tivemos que fazer as duas capas de livros, esse foi um dos que eu escolhi.
Andei feita tótó a tirar fotografias à giraça da minha mãe com um chapéu de côco... hehe

Clau disse...

Ainda não terminei de o ler, mas está quase. O que dizes é realmente verdade, há muita coisa que perde alí o misticismo, que nos faz ver as coisas "por dentro". Estou a gostar bastante.

Não me lembro muito bem das tuas capas do 2º ano, mas tenho uma vaga ideia das fotografia da tua mãe com o chapéu. Lembro-me que na altura gostei bastante.